Notícias Notícias

Voltar

HUSM amplia atendimento na Radioterapia e irá atender cerca de 15 pacientes a mais por dia

Serviço ampliado

HUSM amplia atendimento na Radioterapia e irá atender cerca de 15 pacientes a mais por dia

 

  Desde o dia 1º de setembro, o Serviço de Radioterapia do Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM) está atendendo em três turnos: manhã, tarde e noite. Até então, os tratamentos para pacientes oncológicos iniciavam as 7h e se estendiam até as 19h. Com a ampliação do horário de atendimento. ocorrem até 22h. O que permite receber, em média, 15 pacientes a mais por dia. A expansão no serviço foi de 25%. Ou seja, o atendimento aumentou de 55 para 70 pacientes ao dia.

- Nossa preocupação, com relação ao aumento da demanda por tratamento radioterápico, não é de hoje. Desde que fomos instados pelo Gestor estadual para atender pacientes represados da 10ª Coordenadoria Regional de Saúde, devido à falta de prestador naquela região, vemos com preocupação essa demanda. Nossa apreensão não cessa com essa medida temporária, possível no momento. Assim que nosso atendimento ambulatorial voltar ao normal, a carga horária dos técnicos (disponibilizada  para este terceiro turno), deverá voltar para complementar as escalas do setor de imagem – afirma Soeli Guerra, gerente de Atenção à Saúde do HUSM.

- Estávamos com uma lista de espera de quase 100 pacientes, então remanejamos as equipes e estamos trabalhando com o terceiro turno – afirma o físico-médico Guilherme Weis, chefe do Setor de Diagnóstico por Imagem, responsável pelo Serviço de Radioterapia. 

  A expectativa é de, em 6 meses, conseguir zerar a fila de espera. O HUSM é o único hospital público do interior do Estado, que atende pelo Sistema Único de Saúde e referência no tratamento de pacientes oncológicos para a região da 4ªCRS. 

Fluxo para atendimento no HUSM 

  Os pacientes que chegam ao Hospital Universitário de Santa Maria, encaminhados para diagnóstico e tratamento, são oriundos de primeiras consultas (que vem dos municípios), ou de Inter consultas (pacientes atendidos no HUSM em outras especialidades médicas). Ou ainda do serviço de Santiago, recentemente habilitado. 

- O paciente é avaliado pelo médico Radioterapeuta e encaminhado para Tomografia. Em seguida, faz o planejamento radioterapêutico e programa o início do tratamento– explica Weis. 

  O HUSM conta com um aparelho de radioterapia, que precisa ser higienizado a cada troca de paciente. Com a pandemia, esse cuidado foi intensificado, visto estarmos falando de pacientes de altíssimo risco.

O que é a Radioterapia 

  É um tratamento no qual se utilizam radiações ionizantes (raio X, por exemplo) para destruir um tumor ou impedir que suas células aumentem. Essas radiações não são vistas e, durante a aplicação, o paciente não sente dor. 

- Praticamente, a metade dos pacientes que apresentam câncer irá necessitar de Radioterapia em uma fase do tratamento. Seja com intenção curativa, adjuvante (após uma cirurgia no intuito de diminuir a probabilidade de recidiva tumoral) ou paliativa (em geral, alívio de sintomas como dor e sangramento). É parte integrante fundamental das opções de tratamento para câncer – explica o médico Maurício Fraga da Silva, responsável técnico pelo Serviço de Radioterapia.