Notícias Notícias

Voltar

Calçadas ao redor do HUSM e da Turma do Ique passam por sanitização

Uma vez por semana

Calçadas ao redor do HUSM e da Turma do Ique passam por sanitização

Vestidos com macacões e usando os equipamentos de proteção individual (EPIs), como óculos, máscara e luvas, dois funcionários da SulClean percorreram todas as calçadas ao redor do prédio da Turma do Ique e do Hospital Universitário de Santa Maria, no final da tarde de quinta-feira,26.

Nas costas carregavam duas máquinas pulverizadoras e dentro do reservatório uma mistura de água e hipoclorito que era pulverizada no piso. O trabalho de sanitização foi acompanhado de perto por um técnico de segurança do trabalho da empresa.

- A solução, que foi preparada com 300ml de hipoclorito concentrado para cada 10 litros de água, tem como objetivo a destruição de bactérias e vírus – explica Carlan Vargas Lima, coordenador Administrativo de Contrato da SulClean, que também estava presente.

A ação – uma iniciativa da própria empresa que é prestadora de serviços na Universidade Federal de Santa Maria – irá ocorrer uma vez por semana e incluirá prédios públicos da universidade. Hoje, 27, está prevista para ser realizada na Casa do Estudante do Campus.

 

Reforço na higienização por dentro e por fora

Além da sanitização na área externa do hospital, a equipe de Higiene e Limpeza do HUSM tem intensificado a rotina interna. Os cerca de 150 funcionários se revezam nos três turnos de trabalho – manhã, tarde e noite – para manter superfícies e pisos ainda mais limpos. Também fazem a desinfecção de maçanetas e computadores, além de cuidar da reposição constante dos dispensers de álcool gel, espalhados em todos os andares do hospital. Nos banheiros, os sabonetes líquidos e os papéis toalhas são repostos constantemente.

- A limpeza do piso, que antes era com detergente, agora é com desinfetante a base de quaternário de amônia e biguanida, indicado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Antes, acontecia três vezes ao dia. Agora são inúmeras, conforme a necessidade – Explica Clara Trevisan, chefe do Setor de Higiene e Limpeza do HUSM.

Atento a saúde dos trabalhadores da área da higiene e limpeza, o hospital vem realizando capacitações em que eles receberam orientações do setor de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalhador (SOST), desde como vestir os EPIs até cuidados pessoais.

- A higienização nunca foi tão valorizada, nunca teve tanta demanda. Essa parte sempre foi importante, só que agora ela está sendo notada – conclui Clara.

 

Fotos: Rafael Happke/NDI/Pró-Reitoria de Extensão

 

Imagens: