Notícias Notícias

Voltar

Felicidade foi tema de aula inaugural do Curso de Saúde e Espiritualidade no HUSM

BEM VIVER

Felicidade foi tema de aula inaugural do Curso de Saúde e Espiritualidade no HUSM

Você é feliz? Conhece alguém que seja? Qual o segredo para a felicidade? Num mundo cada vez mais devoto a pressa, que nos exige alta performance em tudo, temos esquecido de valorizar os pequenos prazeres da vida e, por incrível que parece, é justamente aí que reside a felicidade. Na tarde da última segunda-feira (8), o professor de Filosofia Dejalma Cremonese, já conhecido do público acadêmico da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) por tratar do assunto em uma disciplina, ministrou a aula inaugural do Curso Saúde e Espiritualidade, voltado aos profissionais que atuam no Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM).

Com o tema Ética e Felicidade: os valores da Vida, Cremonese apresenta conceitos de antigos filósofos e de grandes pensadores da atualidade. Antes, porém, nos desacomoda da cadeira, nos tira o chão com uma série de constatações e alertas apresentados:

- Antes, a depressão e a angústia se apresentava em uma crise aos 29 anos. Hoje, chega aos 14. – Dispara já nos primeiro minutos da aula.

 Ele critica também a busca insana da academia que se mede o tempo todo pela quantidade de artigos publicados e o desespero por conquistar reconhecimento e um bom qualis. Vivemos a era do Lattes, logo existo.

O consumo desenfreado também levou um beliscão: “ quanto mais se consome, mais temos que trabalhar para comprar.” Trabalho esse, muitas vezes alienante e responsável por “matar nossa alma”.

- Precisamos resgatar a espiritualidade. Com isso não estou dizendo que vocês precisam rezar mais o terço, ir no culto, na missa. Vocês precisam de uma dose diária de arte, filosofia, contato com a natureza – afirma.

Cremonese afasta de nós a responsabilidade de sermos bons em tudo, o tempo inteiro.

- Parem, isso não é possível. Não se cobrem tanto.

O professor orienta que é preciso dedicar tempo para si mesmo. Quem consegue se priorizar, longe de ser egoísta, está comprometido com seu autodescoberta, o que, por sinal, é apontado por ele como um dos ingredientes na fórmula da felicidade.

- Lição número um da vida feliz: autoconhecimento. “Conhece-te a ti mesmo” já nos dizia Sócrates. Uma vida sem reflexão não merece ser vivida – garante.

Amar de todas as formas também integra a lista do que é indispensável para ser feliz. Seja o amor erótico/ físico de Platão (Eros), seja o amor Philia de Aristóteles – um misto de amizade, compreensão e gratidão, uma vez que se alegra pelo que tem. Seja o amor ágape, ensinado por Jesus Cristo, o amor caridade, o amor que perdura.

Fazer o que gosta – “eu nasci para isso” – é indispensável para alimentar a alma. Disso nasce o ânimo para seguir adiante. Não é possível todo dia, toda hora. Mas que seja por minutos para recarregar a bateria interna.

Outra regra: o passado e o futuro não nos pertencem. Um porque já está posto e o outro porque não chegou ainda. O presente é o nosso presente. Viver o agora acalma a mente e elimina a síndrome do pensamento acelerado, apresentada por Augusto Cury.

Outra dica valiosa. A felicidade é irmã gêmea do minimalismo, da frugalidade e da simplicidade. Nesse quesito, Cremonese cita Mujica, ex-presidente do Uruguai: “Não sou pobre, sou sóbrio, leve. Vivo com o que é justo para que as coisas não me roubem a liberdade”. A afirmação se contrapõe ao consumo exagerado do ter.

- De que adiante ter cinco casas: na serra, na praia, no campo etc... se tu só vai estar em uma de cada vez? – questiona.

E os ingredientes para a fórmula da felicidade seguem: serenidade, interação social, experiência de Deus, trabalhar menos, expressar os sentimentos, manter contato com amigos. Para cada um, seria preciso mais um texto desse tamanho. Tudo isso precisamos providenciar antes do epitáfio chegar, porque ele virá para todos nós. Então, pense bem: você já foi feliz hoje?

O Curso Saúde e Espiritualidade prevê 13 encontros, sempre nas segundas-feiras, das 13h às 15h, no Auditório Londero. Na próxima aula, a palestrante será Anastácia Maldaner, que falará sobre autoconhecimento. Confira a programação completa no arquivo em anexo.

Imagens: