Notícias Notícias

Voltar

Complexo Hospitalar UFC/EBSERH realiza primeira audiência pública sobre coleta de resíduos

DESTINAÇÃO RESPONSÁVEL

Complexo Hospitalar UFC/EBSERH realiza primeira audiência pública sobre coleta de resíduos

O Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh realizou a primeira audiência pública sobre coleta de resíduos de sua história. Ocorrida no último dia 11 de dezembro, no auditório da Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP), a reunião foi realizada como ferramenta de planejamento de contratações, prevista no Art. 75 do Regulamento de Licitações e Contratos da Ebserh. O evento foi utilizado para que a equipe de planejamento da contratação dos serviços de coleta, transporte, tratamento e destinação final informasse ao mercado quais as exigências contidas no termo de referência e, consequentemente, no edital. Por isso, foram convidadas sete empresas, das quais comparecerem cinco. Além disso, houve participação do órgão regulador municipal, a Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (SCSP), e do Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH).

 

Abimael Torcate, chefe da Divisão de Logística e Infraestrutura Hospitalar do Complexo, listou, na abertura da audiência, os objetivos daquele evento: fazer com que o mercado, as empresas e os órgãos de certificação tomassem ciência do início do processo de contratação; e facilitar oportunidade de troca de conhecimentos entre as empresas de coleta e transporte de resíduo hospitalar presentes. Também foram debatidos temas relacionados à execução desse tipo de serviço, como a forma de coleta dos resíduos de serviço de saúde; o tipo de veículo a ser utilizado; a maneira correta de acondicionamento dos resíduos; e a destinação final ambientalmente adequada de acordo com a RDC 222/2018, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a Lei 12.305/10.

 

A audiência faz parte de um novo modelo de administração em que se pretende dar ainda mais prioridade à segurança do trabalhador e à preservação do meio ambiente. Foi um momento para compartilhar experiências e discutir o melhor caminho para o descarte dos resíduos produzidos pelo Complexo. De acordo com Denise Maria dos Santos Teodoro, chefe da Unidade de Hotelaria do HUWC, a audiência permitiu a consulta de soluções de mercado para uma possível contratação, além de ser recomendada pela administração pública como boa prática. Denise ressaltou, ainda, a importância de estarem presentes representantes de instituições estratégicas, como ISGH e Prefeitura de Fortaleza. “Nós esperamos, com isso, compartilhar os conhecimentos que já obtivemos por meio de pesquisas e buscar soluções que ajudem na próxima contratação”, finalizou.

 

Transmissão em tempo real pela Unidade de Telessaúde

 

A Unidade de Telessaúde participou da audiência como agente captador do evento, gravando tudo em vídeo para que as intervenções, dúvidas e ideias possam ser arquivadas para consultas futuras. Luís Carlos Alexandre Silva, chefe da unidade, disse que, por meio de uma mesa de corte virtual, é possível capturar, gravar e transmitir tanto intranet quanto extranet. “Por exemplo, pode-se transmitir streaming público via Youtube, Facebook ou Twitter qualquer aula que se fizer necessária. A audiência pública foi, portanto, gravada em sua totalidade e seu conteúdo, arquivado para consulta futura”, acrescentou.

 

Imagens: