Notícias Notícias

Voltar

Laboratório da MCO-UFBA recebe certificado de excelência

Qualidade

Laboratório da MCO-UFBA recebe certificado de excelência

A unidade realiza cerca de 10 mil exames por mês

O Laboratório de Análises Clínicas da Maternidade Climério de Oliveira da Universidade Federal da Bahia foi certificado como excelente pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade Externo (PNCQ) da Sociedade Brasileira de Análises Clínicas.

“O certificado traduz o nosso compromisso com a qualidade dos exames realizados no laboratório e com a melhoria contínua dos nossos processos. É um reconhecimento pelo trabalho realizado na Maternidade e mostra que temos qualidade compatível com grandes laboratórios”, afirmou Robson da Paixão, chefe da Unidade.

O laboratório da MCO-UFBA realiza cerca de 10 mil exames por mês, atendendo a mais de 50 pacientes por dia, entre pacientes internadas e demandas ambulatoriais. A unidade conta com uma equipe de 30 funcionários e funciona de segunda a sexta-feira, realizando exames e coletas com hora marcada.

De acordo com Robson, a unidade tem um parque tecnológico atualizado e conta com profissionais treinados e capacitados. A unidade é avaliada mensalmente, garantindo, assim, a confiabilidade nos resultados que produz.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

A Maternidade Climério de Oliveira faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde dezembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Por Lidiane Borges
Jornalista - DRT-BA 3375

Imagens: