Notícias Notícias

Voltar

Acompanhamento pré-natal garante gravidez mais segura

PRÉ-NATAL

Acompanhamento pré-natal garante gravidez mais segura

Cuidados na gravidez garantem a saúde do bebê e também da mãe

As mulheres que desejam ser mães devem tomar alguns cuidados, mesmo antes de engravidarem. É importante que as futuras mamães visitem o ginecologista para realização de exames conhecidos como pré-concepcionais, que previnem problemas durante a gestação. De acordo com o médico obstetra da maternidade Climério de Oliveira, Paulo Gomes Filho, essa visita deve acontecer pelo menos 4 meses antes de engravidar. “É importante para que sejam verificadas doenças contraídas no passado e as que estiverem ativas. Elas podem significar algum risco para a gestação, para o desenvolvimento do bebê ou mesmo para a mãe”, explica o médico.
 
Durante a gravidez é importante que a mãe faça o acompanhamento pré-natal. Nas consultas, o médico vai passar diferentes exames, como testes que toda gestante deve fazer, e ainda outros específicos para cada caso. A mãe também deve adotar um estilo de vida saudável, sem fazer uso de bebidas alcoólicas e cigarros, por exemplo. A alimentação também deve ser balanceada, incluindo o consumo equilibrado de proteínas, ferro, vitaminas do complexo B, cálcio, além de grãos e cereais. “O consumo de fibras, que são encontradas nas frutas e nos cereais integrais, também é muito importante, já que auxilia no funcionamento do intestino, que normalmente fica mais lento nessa fase”, disse Dr. Paulo.
 
A prática de exercícios físicos também é importante para manter a saúde de mãe e filho durante a gravidez.  “Dentre os benefícios da atividade física está a diminuição das complicações obstétricas, maior controle do ganho de peso da mãe, melhora no condicionamento físico, e ainda a diminuição do estresse. Claro que alguns cuidados devem ser tomados, como o uso de roupas leves, evitar altas temperaturas e a ingestão de muita água”, afirma o médico obstetra. Segundo Dr. Paulo, as mães que não estão acostumadas a se exercitar, a recomendação é que as atividades sejam feitas após o primeiro trimestre da gravidez. “Esse é o período em que se deve ter mais cuidado por causa da formação do embrião. Por isso, os exercícios devem ser de baixo impacto, como natação e caminhadas”.