Notícias Notícias

Voltar

Regulação em Saúde nos Hospitais Universitários Federais é discutida em encontro nacional da Rede Ebserh

SUS

Regulação em Saúde nos Hospitais Universitários Federais é discutida em encontro nacional da Rede Ebserh

O Complexo Hospitalar da UFC sediará o I Encontro de Regulação em Saúde da Rede Ebserh. Trata-se do primeiro evento nacional dos Setores de Regulação e Avaliação em Saúde (SRAS) da rede, com expectativa de aproximadamente 100 participantes. Com o tema Compartilhando Perspectivas e Desafios da Regulação em Saúde no SUS”, o encontro será realizado nos dias 17 e 18 de outubro de 2019, no Auditório do Hemocentro do Ceará (Hemoce), à rua Capitão Francisco Pedro, s/n, Rodolfo Teófilo. Fortaleza – CE.

A programação, voltada a gestores e colaboradores do SRAS dos 40 hospitais e da sede, inclui mesas redondas, palestras e apresentações de trabalhos científicos, relatando as experiências exitosas do SRAS dos hospitais universitários e debatendo as principais questões relacionadas à prática da regulação. O evento pretende discutir temáticas relacionadas à Contratualização dos Hospitais SUS, Gestão do Fluxo de Pacientes, Gestão da Fila Cirúrgica, Gestão de Leitos, Gestão da Documentação Clínica, Ferramentas da Qualidade, Liderança, dentre outros temas importantes para o fortalecimento e integração do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde.

É constitucional o direito de todos os cidadãos ao acesso universal, integral e equânime à saúde. É o relacionamento entre os gestores públicos e os serviços de saúde que determina como se dará o acesso. Essas ações são parte da regulação assistencial, que gerencia a intermediação da demanda dos usuários e da oferta dos serviços de saúde. “É um dos maiores desafios da gestão da saúde pública, visto que a procura por hospitais tem se intensificado. O aperfeiçoamento de profissionais qualificados faz-se cada vez mais necessário para o melhor aproveitamento da estrutura física, de pessoal e demais recursos”, explica Andreia Aguiar, chefe do Setor de Regulação da MEAC. 

 

Confira a entrevista com Fábio Campelo, chefe do Serviço de Regulação da Ebserh.

- Qual a sua expectativa para este Encontro?

- FC: Primeiramente, a minha expectativa é que a gente possa se reconhecer como rede e, aproveitando que esse vai ser o primeiro evento dessa natureza, com a temática específica de regulação, entendo que vai ser bastante positivo para que possamos estabelecer essa referência de coletividade e, claro, trocar experiências e conhecimentos. Possibilitaremos que alguns hospitais mostrem experiências bem sucedias, além de abordar temas importantes para a regulação nos hospitais.

- A programação está bem diversificada e completa. Que temas o senhor destacaria?

- FC: Todos os temas que definimos na programação foram escolhidos pelos próprios hospitais, via enquete. Partindo desse pressuposto, entendo que todos os temas vão gerar algum desdobramento propositivo. Entre eles, acho que dois têm uma capacidade natural de discussão maior: o painel de contratualização e o painel de gestão de documentação clínica.

- Apesar de sermos uma rede, a contratualização é negociada individualmente pelos hospitais. De que forma esse Encontro vai ajudar aos SRAS nesse processo?

- FC: Teremos uma mesa composta por um representante da sede, o Fábio Landim; uma perspectiva do ponto de vista dos secretários municipais de Saúde e outra da regulação estadual. Acredito que o grande ponto deste debate é trazer esses diferentes pontos de vista para conseguirmos melhorar o processo de contratualização. Não existe uma receita de bolo, claro, porque vai depender de cada gestor contratante, mas tendo essas diferentes perspectivas, entendemos que pode aportar um conhecimento útil para os processos de negociação de contrato, além de dar uma visão mais global do tema.

- O que o senhor achou da possibilidade de realizar esse Encontro em um hospital no Nordeste?

- FC: Queria reforçar o agradecimento nosso, junto à MEAC por ter tido a iniciativa de sediar esse encontro, acho que, além de ser um encontro de vanguarda, também vale a pena destacar que estamos em um movimento de apoiar e chancelar iniciativas, descentralizando um pouco a realização destes eventos nacionais, essa também é uma novidade: A realização de uma conferência de caráter nacional da rede dentro de um hospital.

 

ANEXOS

Programação do I Encontro de Regulação em Saúde da Rede Ebserh 

Instruções Normativas Submissão de Trabalhos

 

Veja quem já confirmou presença no nosso encontro!

 

 ELIAS BEZERRA LEITE: Presidente da Unimed Fortaleza. Médico otorrinolaringologista pela UFC, especialista em gestão empresarial, financeira, auditoria e controladoria pela FGV e gestão avançada pela Fanor Business School. Personal, Professional, Self e Lider Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Instituto Brasileiro de Coaching. Coaching Integrado pelo Integrated Coaching Institute – ICI. Palestrante em desenvolvimento pessoal e profissional. Especialista em Excelência no Atendimento pela metodologia “A Estratégia da Magia Disney” Orlando/USA. Domínio em Marketing Digital. 18 anos de experiência na área da saúde no seguimento médico e de gestão. 

 

GALBA FREIRE MOITA: Servidor do Ministério da Saúde do Brasil no cargo de Tecnologista Pleno de Monitoramento e Avaliação em Saúde e Pesquisador na área de Planejamento, Avaliação e Governança em Saúde da Fiocruz/Ceará. Doutor em Gestão - Ciência Aplicada a Decisão (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (2019) com cotutela e duplo titulo de doutor em Administração pela UFMG; Mestrado Profissional em Desenvolvimento e Políticas Públicas, ênfase em Saúde Pública pela ENSP/FioCruz, Especialização em Gestão Pública (UECE); Pós-Graduação em Adm. Pública (Estácio-FIC); Especialização em Planejamento e Gestão de Serviços Públicos de Saúde (ESP/CE); MBA em Adm. Empresarial (FGV/RJ); Pós-Graduação em Gestão de Organizações de Saúde (FGV/SP); Mestrado Acadêmico em Tecnologia (UFSC).

 

 

ADRIANA HELMER:  Formada em Gestão Pública, 27 anos de serviço público e atua como gestora em regulação desde 2011. Implantou e foi gerente da regulação do município de Serra - ES. Participou da implantação do SISREG ambulatorial no estado do ES, como administradora. Desde 2013 atua na regulação do HUCAM/UFES-EBSERH.

 

 

CARLOS AUGUSTO ALENCAR JUNIOR: Gerente de Atenção à Saúde da Maternidade-Escola Assis Chateaubriand (MEAC). Graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (1982), Mestrado em Medicina (Obstetrícia) pela Universidade Federal de São Paulo (1991) e Doutorado em Medicina (Obstetrícia) pela Universidade Federal de São Paulo (1994). Atualmente é Professor da Universidade Federal do Ceará. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Medicina Fetal.

 

FÁBIO LANDIM CAMPOS: Graduado em Fisioterapia pela Unifor. Especialista em Saúde Pública pela Universidade de Ribeirão Preto e em Gestão em Saúde pela Escola de Saúde Pública do Estado do Ceará. Mestre em Planejamento e Políticas Públicas pela Universidade Estadual do Ceará. Ocupou diversos cargos no âmbito da gestão do SUS, dentre os quais, Secretário Municipal de Saúde em munícipios do estado do Ceará, Coordenador-Geral de Contratualização Interfederativa no Ministério da Saúde e, atualmente, Chefe de Serviço de Contratualização Hospitalar, além de Coordenador-Substituto da Coordenadoria de Gestão da Atenção Hospitalar, na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), em Brasília/DF.

 

ALESSANDRA PIMENTEL DE SOUSA: Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará (1994), especialização em Auditoria em Saúde pela Universidade Estadual do Ceará (2005), Acreditação em Serviços de Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas de MG (2012)  e mestrado em Saúde Pública pela Universidade Federal do Ceará (2000). Atualmente atua como Coordenadora de Controle, Avaliação, Regulação e Auditoria de Serviços de Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza (CORAC-SMS).

 

 

JOÃO BATISTA SILVA: Bacharel em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (UFC), dirigiu importantes equipamentos de saúde: Serviço de Verificação de Óbito (SVO), Hospital Waldemar Alcântara, Hospital Frotinha da Parangaba e HGF Hospital Geral de Fortaleza. Foi também diretor do Hospital Regional da Unimed, entre 2010 e 2014 e, atualmente é diretor-executivo do Hospital Zilda Arns (Hospital da Mulher de Fortaleza), além de professor-assistente da UFC.

 

 

 

FÁBIO CAMPELO SANTOS DA FONSECA: Analista Técnico de Políticas Sociais do Ministério da Saúde. Atual Chefe do Serviço de Regulação Assistencial, da da Diretoria de Atenção à Saúde da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh). Foi Chefe do Serviço de Governança de TIC da Ebserh e ex-Coordenador-Geral dos Sistemas de Informação do Ministério da Saúde. Mestre em Coordenação Médica e Gestão Clínica pela Universidade Nacional de Educação à Distância da Espanha (UNED), em parceria com o Instituto de Saúde Carlos III (ISCIII); Especialista em Informática em Saúde, pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa; graduado em Farmácia Clínica e Industrial pela UnB. Certificado como Profissional de Tecnologia da Informação e Comunicações (cpTICS) pela Sociedade Brasileira de Informática em Saúde (SBIS).

GENILDE GOMES DE OLIVIERA: Enfermeira com Doutorado e mestrado em Ciências da Saúde, pela Universidade Federal de Sergipe - UFS. Especialista em gestão de hospitais universitários federais no SUS; Especialista em enfermagem do trabalho; Especialista em formação pedagógica em educação profissional.  Chefe do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde do HU/UFS/EBSERH

 

 

 

 

MARCELO MARCONDES STEGANI: Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Paraná (1994), mestrado em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Universidade Federal do Paraná (2001) e doutorado em Medicina (Clínica Cirúrgica) pela Universidade Federal do Paraná (2005). Professor adjunto do Departamento de Cirurgia da Universidade Federal do Paraná. É médico cirurgião pediátrico do Hospital do Trabalhador. Tem experiência na área de Medicina, com ênfase em Cirurgia Pediátrica. Foi coordenador do ambulatório de Medicina Fetal do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná em sua implantação. Atualmente é chefe do Setor de Regulação e Avaliação em Saúde do Complexo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná e coordenador médico de compliance da UNIMED Curitiba.

 

 

ELEN OLIVEIRA PERNIN: Analista administrativo na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), lotada no Serviço de Regulação Assistencial. Realizou consultoria por 4 anos para a Organização Pan Americana da Saúde (OPAS) em temáticas como implantação de modelos de atenção à saúde da pessoa idosa. Servidora do Ministério da Saúde por 4 anos, Coordenadora Substituta na Área Técnica Saúde do Idoso e analista na Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI).

 

 

HELVÉCIO NEVES FEITOSA: Possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Ceará (1982), mestrado em Medicina (Obstetrícia) pela Universidade Federal de São Paulo (1990), doutorado em Doutorado em Bioética pela Universidade do Porto (2014) e doutorado em Medicina (Obstetrícia) pela Universidade Federal de São Paulo (1992). MBA Executivo em Administração: Gestão de Saúde, pela Fundação Getúlio Vargas (2015-2017). Presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado do Ceará (gestão 2018-2023).

 

 

 

 

VIRGÍNIA BENTES PINTO: Professora Titular da Universidade Federal do Ceará-UFC. Bacharel em Biblioteconomia- Universidade Federal do Ceará. Doutorado em Sciences de Information et de la Communication- Institut des Communications et des Média (ICM) - Université Stendhal-Grenoble-3-França (1999). Mestrado em Ciências da Informação pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989). Pós-Doutorado em Filosofia-Tratamento cognitivo da informação-Laboratoire de Analyse Cognitive de Information (LANCI)- Université du Quebec à Montreal- (2006). Estágio Pós- Doutoral no Instituto de Linguistica Aplicada (IULA) da Universidad Pompeu Fabra- Barcelona.

 

ROSANA REIS NOTHEN: Coordenadora da Gestão da Clínica na Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), em Brasília/DF. Médica pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mestre em Gestão de Doação de Transplantes de Órgãos e Tecidos, Master Alianza en Donación y Trasplante de Órganos, Tejidos y Células pela Universidade de Barcelona. Foi Coordenadora Geral do Sistema Nacional de Transplantes do Ministério da Saúde entre 2000 e 2002, 2009 e 2011, e 2016 a 2018. Foi Coordenadora da Comissão Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante no Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA).

 

DANIEL GOMES MONTEIRO BELTRAMMI: Médico, Mestre em Gestão de Tecnologias e Inovação em Saúde pelo Instituto Sírio-Libanês de Ensino e Pesquisa. Possui Residência Médica em Medicina Preventiva e Social, com ênfase em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde - PROAHSA, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, além de Especialização em Administração Hospitalar e de Sistemas de Saúde pela Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas - EAESP-FGV. É aluno pesquisador de Doutorado, do Programa de Pós Graduação em Saúde Coletiva da Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP.