O que mudou na MEJC O que mudou na MEJC

Navegue pelos conteúdos desta página e acompanhe as principais mudanças no atendimento da Maternidade Escola Januário Cicco, vinculada à Universidade Federal do Rio Grande do Norte e à Rede Ebserh (MEJC-UFRN-Ebserh), deliberadas pelo Comitê de Operações de Emergência (COE) da MEJC, criado com o objetivo de estabelecer medidas e tomar decisões frente à necessidade de enfrentamento do novo Coronavírus (Covid-19).

Diante das muitas mudanças que estão ocorrendo na rotina da instituição, este espaço oferece informações precisas e oficiais ao colaborador e demais interessados.

 

Suspensão de Consultas, Cirurgias Eletivas e Exames Complementares

Todas as visitas estão suspensas nas Unidades de Internação Ginecológica, Obstétrica, Centro Obstétrico e Enfermaria de Alto Risco;
Na UTI Materna a visita está restrita a um familiar por dia no horário das 14h às 15h; na UTI Neonatal restrita aos pais, no período das 11h30 às 12h30 e 16h às 17h e na Enfermaria Canguru é permitida visita 01 vez por semana, por agendamento, com permanência máxima de 1h;
Haverá  limite de acompanhes para todos os pacientes, sendo permitido uma troca de acompanhante, durante às 24 horas. É recomendado que os acompanhantes tenham idade inferior a 60 anos;
Não será permitido a entrada do acompanhante no Centro Cirúrgico Obstétrico e na Enfermaria Canguru, só será permitido acompanhantes para as mães menores de idade e as de gemelares, além de pacientes com necessidades especiais comprovadas;
Todo visitante e acompanhante passará por uma triagem. O objetivo é identificar possíveis doenças respiratórias, não sendo permitido o acesso quando identificado risco em potencial;
Restringido o tempo de permanência de acompanhantes na MEJC após a realização dos partos. Só será permitida a presença de acompanhante durante 12h após o parto normal e 24h após a realização de cesáreas;
Pacientes gestantes internadas na enfermaria de alto risco - sem acompanhantes

Exceções serão avaliadas pelos médicos, se houver necessidade clínica; pelos psicólogos e/ou psiquiatra, considerando as particularidades de saúde mental; e pelos assistentes sociais, se houver demanda social.

Suspensão de todas as atividades de estágio curricular obrigatório e extracurricular, atividades de prática supervisionada, visitas técnicas e atividades de extensão para todos os cursos de graduação, cursos técnicos, cursos de formação e outros, além de todas as atividades de pesquisa de graduação e pós-graduação que não estejam relacionadas ao Novo Coronavírus (COVID-19);
Em se tratando das atividades relacionadas aos residentes, foi decidido pela suspensão das atividades teóricas, mantidas as atividades práticas assistenciais das Residências em Saúde (Médica e Multiprofissional), com rodízio específico.

 

Por ter sido decretado estado de calamidade pública, os funcionários que estejam realizando suas atividades laborais de maneira remota, estarão à disposição da instituição e, se preciso for, poderão ser convocados a qualquer momento;
O Serviço de Saúde Ocupacional e Segurança do Trabalho - SOST, realizará teleatendimento para ajudar nos esclarecimentos que se fizem necessários;

Tenha acesso AQUI as orientações, procedimentos e formulários que tratam das rotinas de trabalho na MEJC para empregados da Ebserh e servidores da UFRN, além do guia prático e roteiro para abertura de processo no Sistema Eletrônico de Informações - SEI. Dúvidas devem ser esclarecidas junto ao Setor de Gestão de Pessoas.

Máscara Cirúrgica - Deverá ser trocada a cada 04 horas, ou ants de apresentar sujidade ou umidade;
Serão produzidos capotes, com manta impermeável e serão distribuídos nas unidades assistenciais. Devem ser trocados após a assistência ao paciente com suspeita de Covid-19;
Disponibilização de máscaras N95 e protetores faciais para procedimentos que gerem aerossóis em pacientes com suspeita ou com confirmação de Covid-19;
Todos os funcionários, acompanhantes e pacientes deverão utilizar máscaras. Os profissionais da área administrativa que atuam no apoio aos setores assistenciais devem fazer uso de máscara cirúrgica. Salienta-se que a troca das máscaras de tecido está sendo recomendada a cada 03 horas ou quando houver sujidade, perda de integridade ou umidade.