Notícias sobre o SIG Notícias sobre o SIG

Voltar

Ebserh implantará inovações tecnológicas para relacionamento com o cidadão

Ouvidoria

Ebserh implantará inovações tecnológicas para relacionamento com o cidadão

Nova plataforma de ouvidoria e modernização da pesquisa de satisfação foram apresentadas durante videoconferência

Integrar os ouvidores das unidades hospitalares e apresentar projetos de inovação tecnológica para a área. Esse foi o objetivo da 1ª Videoconferência da Rede Nacional de Ouvidores dos Hospitais Universitários Federais (Rnohuf), realizada pela Ouvidoria-Geral da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) na última terça-feira (1).

Durante a reunião, foi discutida a utilização do Sistema de Ouvidorias do Poder Executivo Federal (e-OUV) pela Rnohuf, um aplicativo em rede da Controladoria Geral da União (CGU). A ferramenta seria integrada ao Sistema de Informações Gerenciais Ebserh (SIG), plataforma já utilizada na empresa. “O e-OUV é para a informação do cidadão e para receber reclamações, sugestões, elogios e denúncias. Todos os órgãos públicos federais utilizarão esse sistema e nós somos um dos primeiros a adotar”, explicou o ouvidor-geral da Ebserh, Josué Fermon.

Também foi realizada uma avaliação sobre a pesquisa de satisfação do usuário dos hospitais filiados à Ebserh. “Acabamos de concluir o primeiro de três ciclos de 2015, com a participação de 22 hospitais. O próximo ciclo começa em julho com 25 unidades e para realizar a pesquisa, são entregues tablets e realizado treinamento com todos os ouvidores”, salientou Fermon.

A partir de 2016, a pesquisa também será reformulada e inovada. Ela deixará de ser realizada em três ciclos anuais, passando a ser feita em tempo real por área de atendimento. Para isso, serão utilizados vários meios eletrônicos como e-mail, SMS, WhatsApp e Unidade de Resposta Audível (URA). Além deles, os tablets continuarão a ser utilizados como reforço. “A ideia é que o paciente saia do hospital e já receba uma mensagem convidando-o a participar da pesquisa. Para isso, contaremos com o apoio da Diretoria de Gestão de Processos e Tecnologia da Informação”, destacou o ouvidor-geral da Ebserh.

Videoconferência

A utilização da plataforma e-OUV e a modernização da coleta de dados da pesquisa de satisfação dos usuários foram apresentadas e discutidas com ouvidores dos hospitais filiados à Ebserh durante a videoconferência que contou com a presença da diretora vice-presidente executiva da Ebserh, Jeanne Michel, do ouvidor-geral da União, Luiz Henrique Fanan, e do ouvidor-adjunto da União, Gilberto Waller Junior.

Josué Fermon, destacou a importância do evento na integração das ouvidorias e lembrou a relevância da Rnohuf. “A rede é um dos primeiros subsistemas do Sistema Nacional de Ouvidorias, preconizado pela Controladoria-Geral da União (CGU). E a videoconferência demonstrou, diante dos projetos da Ouvidoria-Geral da Ebserh, o seu fortalecimento em resposta ao anseios da sociedade brasileira”.

A reunião foi aberta por Jeanne Michel, que avaliou a importância da Ouvidoria no trabalho da Ebserh de qualificar cada vez mais a gestão dos hospitais filiados. “Percebemos a importância da participação dos ouvidores na gestão como aconselhadores dos nossos superintendentes, para que se decidam mudanças estruturais para melhorar a assistência prestada”, enfatizou.

Presente no local, o ouvidor-geral da União, Luiz Henrique Fanan, salientou a importância do evento por possibilitar a troca de experiências e a apresentação dos trabalhos das ouvidorias. “É fundamental estreitar laços e trazer notícias do que está acontecendo... Precisamos conhecer o universo de ouvidorias para não sermos apenas uma repartição de dar respostas ao cidadão, mas sistematizar e utilizar as informações de maneira que elas possam interferir na melhoria dos serviços públicos”.

Gilberto Waller Junior, afirmou ter grande satisfação em acompanhar o trabalho da Ebserh na implantação de uma rede de ouvidorias dos hospitais e ressaltou a parceria com a estatal. “É importante essa união para trazermos uma melhoria da qualidade de vida dos cidadãos”.

Coordenadoria de Comunicação Social da Ebserh