Hospital de Clínicas

da Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Divisão Administrativa Financeira Divisão Administrativa Financeira

div adm fin

Foto: Unidade de Comunicação HC-UFTM
 
Criada em 2011, reconhecida como Setor de Compras, tornou-se Divisão Administrativa Financeira após a assinatura do contrato n.º 22/2013, celebrado entre a Universidade Federal do Triângulo Mineiro e a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares para a administração do Hospital de Clínicas da UFTM.
 
Parte integrante da Gerência Administrativa, está hierarquicamente ligada à Superintendência do HC-UFTM, tendo como objetivo fundamental fomentar a política de gestão administrativa, orçamentária, financeira e contábil, viabilizando o provimento de recursos materiais, patrimoniais, serviços operacionais e financeiros.  
 
É composta por três Setores e dez Unidades.
 
 
 

Horário de atendimento 

Das 8h às 12h, das 13h às 17h, segunda a sexta-feira

 

Contatos

(34) 3318-5343

daf.hctm@ebserh.gov.br

Rua Castro Alves, 152 - Bairro Abadia

Uberaba/MG

CEP: 38.025-380

 

Equipe

Diogo dos Santos Carvalho

Chefe da Divisão Administrativa Financeira - Currículo Lattes (http://lattes.cnpq.br/0636001089373473)

(34) 3318-5343

carvalho.diogo@ebserh.gov.br

 

Mickael Augusto Dantas

Chefe da Divisão Administrativa Financeira Substituto

(34) 3318-5343

mickael.dantas@ebserh.gov.br

 

Competências da Divisão Administrativa Financeira

I. Coordenar a implementação das políticas de gestão administrativa, orçamentária, financeira e contábil no âmbito do hospital; 

II. Realizar o gerenciamento financeiro do hospital; 

III. Realizar o registro e gerenciamento contábil do hospital, de forma a possibilitar a transparência dos resultados institucionais; 

IV. Acompanhar os custos hospitalares, cuidando para a maior eficiência do uso dos recursos financeiros; 

V. Gerenciar e executar as aquisições de bens e serviços necessários ao funcionamento do hospital; 

VI. Acompanhar a execução de serviços comuns e de suporte operacional de atividades meio, zelando pelo seu cumprimento integral; 

VII. Emitir diárias e passagens para subsidiar os trabalhos do hospital; e 

VIII. Gerenciar o patrimônio do hospital, inventariando e zelando pela manutenção de seus bens.